Turismo

História de Bonito

O núcleo habitacional que se transformaria na sede do Município de Bonito, iniciou-se em terras da Fazenda Rincão Bonito, que possuía uma área de 10 léguas e meia e foi adquirida do Sr. Euzébio pelo Capitão Luiz da Costa Leite Falcão, e é considerado o desbravador de Bonito, tendo sido também seu primeiro escrivão e tabelião.

A Lei Estadual nº 693, de 11 de junho de 1915, cria inicialmente o Distrito de Paz de Bonito, com área desmembrada do Município de Miranda e a este subordinado administrativamente. Finalmente a Lei Estadual nº 145, de 2 de outubro de 1948, eleva-o a categoria de Município.

Atualmente possui cerca de 20 mil habitantes, e está localizada em Mato Grosso do Sul - Brasil, e distante 300Km de Campo Grande, capital do Estado. É a principal cidade turística da região da Serra da Bodoquena, sendo o turismo a principal atividade da região há muito tempo, além de estar em constante evolução buscando a interferência mínima na natureza. Suas principais atrações são as paisagens naturais, os mergulhos em rios de águas cristalinas, passeios em cachoeiras, grutas, cavernas e dolinas.

Dicas de viagem

Se você gosta de se programar com antecedência, pode reservar para todos os passeios, com exceção daqueles mencionados o dia todo, de um período: ou toda manhã ou toda a tarde. Dificilmente você vai conseguir fazer mais de um passeio por período, principalmente pelas distâncias e você acaba ficando mais do que o descrito, principalmente fora de temporada. É importante reservar os passeios com antecedência, pois todos tem limite de visitante diariamente. Todos os passeios devem ser reservados através de uma agencia local de viagens.


 

Passeios

Observações importantes

Como cada passeio tem um número máximo de visitantes por dia, o ideal é efetuar as reservas com antecedência. Todos os passeios são pagos e variam de acordo com o passeio. Nestes valores não estão incluídos o transporte até o passeio.

Qualquer reserva para os passeios deverá ser efetuada numa agência de turismo local. A agência se responsabilizará pelas reservas, contratação do guia de turismo que irá acompanhá-lo e emitirá uma autorização para realização do seu passeio.

Conforme lei municipal, para visitação dos atrativos turísticos de Bonito é obrigatório o acompanhamento do Guia de turismo local credenciado pela EMBRATUR e cadastrado na prefeitura.

  • O calçado ideal para a realização da maioria dos passeios é o tênis.
  • Para a realização dos mergulhos autônomos é obrigatório ter curso de mergulho.
  • Protetor solar e o repelente não poderão ser utilizados em alguns atrativos para a conservação das águas e peixes.
  • Todas as estradas que dão acesso aos passeios tem trechos de terra.
  • As agências de turismo da cidade oferecem serviço de locação de carros e vans.
  • As condições atmosféricas podem impedir ou dificultar a realização de alguns passeios.

O que levar

Além de muita disposição, são indispensáveis roupa de banho, boné ou chapéu de palha, mochila, tênis, camisetas, shorts, moletom, capa de chuva, protetor solar, repelente, máquina fotográfica, câmera filmadora e agasalho no inverno.

Como chegar

Para quem chega de avião em Campo Grande, é melhor já ter contratado o traslado, ou já ter reserva de locação de carro. O aeroporto de Campo Grande tem locadoras.

De carro, o acesso para quem vem de Campo Grande, capital do Estado, até Bonito são 330 km, pela BR 060 passando por Sidrolândia que é o melhor caminho para se seguir, depois Nioaque, Guia Lopes da Laguna e Bonito. Vindo de São Paulo via Presidente Prudente, entrando no Estado de Mato Grosso do Sul, a primeira cidade do Estado é Bataguassu, seguir até o trevo de Nova Alvorada, em direção a Rio Brilhante, Maracaju, Guia Lopes da Laguna e Bonito.

A única linha de ônibus saindo de Campo Grande é a Viação Cruzeiro do Sul. Tem também a opção de transporte compartilhado pela Vanzella, é a melhor empresa para transporte prático e seguro com excelente comodidade. Há também a possibilidade de chegar de avião pequeno em Bonito. São vôos semanais operados pela Cia. Aérea AZUL.


 

Mergulho: O que levar

Leve o que você habitualmente leva a outros mergulhos. As agências de turismo fornecem roupas, nadadeiras, snorkel, máscara para os mergulhos de superfície e também alugam garrafas para mergulhadores autônomos.

Passeios sem guia

Como já foi dito aqui anteriormente, a maioria dos passeios fica em propriedades privadas e preservadas, por isso só pode ser acessado com seu voucher e um guia de qualquer agência de turismo de Bonito.

 

Bike

Se você gosta de mountain bike ou outro tipo de passeios com bicicletas, você encontra na região toda várias possibilidades, inclusive bicicletas para locação.

Crianças

Os passeios são seguros, em sua maioria, inclusive para crianças, menos para crianças de colo. Você vai ter os passeios bastante limitados.

 

Roupas

Caso você vá no verão, o calor em Bonito é muito forte. Inclusive vale a pena levar um repelente tópico. Se for levar protetor solar, leve um que não solte na água, pois seu uso é proibido. No inverno, pode ser que você pegue alguma noite fria. No inverno, enquanto tem sol, a temperatura é alta. Quando chega a noite a temperatura cai. Obviamente que uma mesma temperatura pra quem vem do nordeste é um pouco diferente de quem vem do sul.

Serviços de saúde

Existe um hospital em Bonito que atende a qualquer urgência 24 horas por dia com boas condições de funcionamento.

Transporte

Em Bonito, você necessita se locomover para os passeios sempre de carro. Por isso, quem não vai de carro pode usar os táxis. Algumas empresas de turismo tem serviços com vans. O ideal é ir de carro. Você pode se deslocar para todos os lugares com mais comodidade. Pode alugar carro, contratar transporte compartilhado ou privativo através das agencias de viagens ou empresas de transporte, tais como Unidas e Vanzella.